terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Dependência do Garmin.

Sábado passado acordei cedo para fazer o longão de 16km, 06:15 e eu já estava no final do primeiro km.
Temperatura razoável, mas a sensação de abafamento já estava presente.
Tudo tranquilo até que entre o km 5 e 6 o Garmin estampa uma mensagem.
Enxergar de perto, sem óculos ? Esquece, tentei rearmar o relógio e nada da mensagem desaparecer.
Desisti, e marquei o treino(pelo menos a kilometragem) como fazia antes de adquirir o Garmin.
Foram 8 voltas num percurso já conhecido de 2.1km, total de 16.8km.
Fiquei sem saber o pace, sem quantidade de calorias queimadas, enfim, o Garmin fez falta, aliás, sou dependente deste equipamento.
Após conversar com o amigo Fábio Namiuti ,especialista em Garmin, fiquei sabendo que nada mais era que 'excesso de informações de treinos no banco de dados" .Excesso deletado.
Ontem já fiz um treino monitorado 100%, ritmo confortável, em torno de 8km, pace em torno de 7min/km, mais de 650 calorias perdidas.
Vamos em frente, menos de 30 dias para a meia maratona.

3 comentários:

  1. Agradeço pelo "título", mas ele não é dos mais justos. Ainda sou novato no uso do Garmin, brinco com ele só desde outubro e ainda tenho muito o que aprender no manuseio e aproveitamento dos recursos.

    Parabéns pela regularidade de sempre nos treinos!

    Abraço,

    Fábio

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo treino, Jorge.
    Sucesso na sua próxima meia-maratona.
    Eu também sou dependente do 'brinquedinho de gente grande'.
    Boa semana para você.
    Ass.: Guilherme.

    ResponderExcluir
  3. Ih, vai ter que correr com o carbogel e o manual do brinquedinho no bolso do short rs.
    Brincadeira ! Você tem uma grande prova pela frente... sucesso e bom aproveitamento.
    Michel

    ResponderExcluir