terça-feira, 22 de março de 2011

Curtas ou longas distâncias ?

Ando conversando com o Mestre Gabriel sobre treinos para competições curtas ou longas.
Fico pensando se aos 55 anos consigo melhorar muito minha velocidade  e sinceramente acredito que não, talvez um pouco, não como gostaria, mas ao mesmo tempo tenho a certeza que posso ir mais longe nas provas de longa duração, tenho aprendido a manter um pace contínuo pelo menos durante 90% de uma prova.
Não faz muito tempo que corro, talvez até queira "colocar a carroça na frente dos bois", talvez precise dar tempo ao tempo.
Não quero tornar a corrida uma obrigação de resultados, de números e paces perfeitos, não vou ser mais feliz porque melhorei alguns segundos ou minutos em relação a minha última prova, vou continuar sendo feliz só pelo fato de estar alí no meio da multidão participando de uma prova de corridas de rua.
Quero definir em breve esta questão das curtas e longas distâncias, sem cobranças, mas apenas por uma questão "de norte", de objetivo.

4 comentários:

  1. Interessante seu dilema e pode ter a certeza que não é o único a questionar tal situação. Conheço um médico maratonista que me disse +/- para aproveitar enquanto meu corpo permite buscar metas, resultados, treinar tiros, etc... pois num futuro o certo e saudável é correr mais lento e maiores distâncias, justamente o que ele faz: maratonas em 5h30min, em 6h... meias em 2h40min, etc... assim ele respeita o corpo e não sofre lesões. Mas ele faz um exercício mental para não se frustar com os resultados e está super satisfeito em apenas correr.
    Abrx,t+
    Michel

    ResponderExcluir
  2. Tenho sentido dificuldade não só nas provas, mas também nos treinos, em manter a velocidade que tinha de forma mais natural até algum tempo atrás. A minha tendência, enfim, vai ser me dedicar às provas de maior distância, claro, também me divertindo de vez em quando nas menores. Pena que elas ainda são meio escassas, principalmente na nossa região.

    Qualquer que seja o foco, que você siga sendo sempre esse exemplo de disciplina e dedicação aos treinos.

    Abraço!

    Fábio

    ResponderExcluir
  3. Jorge,
    Espero que você encontre um denominador comum para a questão, embora eu pense (vendo a distância) que o equílibrio é a sua (positiva) marca registrada.
    No meu caso particular, a Federação Paulista de Atletismo me advertiu sobre a minha pangarelice e me proibiu de participar de provas com menos de 15 km! (risos!)
    Ass.: Guilherme.

    ResponderExcluir
  4. Michel, Fábio e Guilherme,
    obrigado pelas visitas e pelos comentários.
    Sempre aprendo com voces.
    Bons treinos!!!

    ResponderExcluir