terça-feira, 10 de julho de 2012

Prova:Maratona Caixa 2012

No último domingo completei minha nona meia maratona.

Foi a quarta vez que corri esta prova e obtive meu melhor tempo na mesma: 02:21:20
Prova que começou debaixo de muita chuva e vento, pela primeira vez (e espero que seja a última)senti o que é correr com bolhas nos pés, fato que acredito ter sido causado pelo tênis e meias encharcados, último kms foram complicados de correr, acho que meu tênis encolheu e passou de 44 para tamanho 34...
Acreditava que poderia chegar perto do meu melhor tempo em meias que foi na prova de Floripa vinte dias atrás: 02:15:11, mas conclui (e não precisa ser especialista em corridas para esta conclusão) que correr duas meias em um intervalo de 20 dias não é para qualquer um, imagine para o véinho aqui com seus quase 5.7, vivendo e aprendendo, na prática e com direito a bolhas nos pés é para não esquecer a lição.
Prova excelente em termos de hidratação e temperatura, independente do mau tempo poder largar lá na Barra e chegar no Aterro é sempre uma alegria, posso correr esta prova cem vezes, mas cada prova será uma alegria diferente.

Farei uma prova curta (6km) no próximo domingo e a próxima meia será em Buenos Ayres no início de setembro.
Maratona ? A idéia continua amadurecendo, tenho muita admiração por todos(as)que concluem uma prova nesta distância, tenho inclusive lido bastante blogs de maratonistas, não só os mais experientes como os que estão fazendo as suas primeiras maratonas, tenho muito que aprender, mas, repito: não tenho pressa, minha primeira maratona pode ser 2013 ou não, não sou profissional, não vivo de corridas, busco nas corridas qualidade de vida, só de poder alinhar na largada, estar com os colegas, confraternizar e chegar no final já é uma vitória, o corpo e a mente me darão a resposta para os 42k na hora certa...

4 comentários:

  1. Parabéns Jorge! Foi e mandou ver! Correr com bolha é duro demais. Parabéns por mais uma na conta! E é isso ai, a maratona virá naturalmente, sem pressa, no momento que tiver que ser.

    ResponderExcluir
  2. Mandou bem, meu amigo! Parabéns mais uma vez pelo recorde "caseiro". Também fiquei com muito medo dos pés encharcados virarem bolhas enormes, acabei não tendo o problema na prática. Mas tô tremendo de frio até agora, hehehehe...

    Que venha Bs.As. e, na hora certa, a estreia nos 42 km.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela quarta meia no RJ, Jorge.
    Gostaria de compartilhar do seu entusiasmo pela prática esportiva, coisa que - infelizmente - já não consigo mais comungar deste nobre sentimento.
    Obrigado pela força lá no blog.
    Grato,
    Ass.: Guilherme.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Jorge, mais uma pro curriculum.
    Esta meia de Buenos Aires dizem que é plana e fria, excelente oportunidade de fazer um bom tempo. Falou tudo em relação as maratonas, muito calma, afinal a corrida é um prazer e não uma obrigação.
    Abrx, t+
    Michel

    ResponderExcluir