quarta-feira, 4 de junho de 2014

Corridas,conceitos,constatações...


Sete anos se passaram desde que comecei a correr.

Nestes anos,principalmente no início, li blogs buscando informações, referências, e encontrei histórias de vida, dicas importantíssimas, fiz amigos, enfim, aprendi muito e continuo aprendendo,mas ultimamente tenho lido alguns posts que não me agradam.

Impera em muitos blogs o incentivo a disputa custe o que custar, não quero correr mais alguns meses, quero correr por alguns anos, não tenho o direito de me lesionar, minha recuperação tendo em vista a idade leva um bom tempo.

Como citado por uma blogueira amiga o fato de estar lesionado para alguns é um troféu,e quanto mais difícil o nome da lesão mais bonito fica...piraram?

Correr é muito mais que tempos, marcas, recordes, correr é mais do que saúde, correr não se explica, correr se sente no corpo, na alma, o resto é número.

Correr está acima de conceitos do tipo “ prefiro parar do que fazer um tempo acima de “x”, “voce andou? Andar não vale...”.

Correr é muito mais do que paces baixos e buscas inconseqüentes por um recorde pessoal que virá naturalmente se voce treina com disciplina.

Correr é respeitar os seus limites, é pensar que estar ali na “muvuca” da largada já faz de voce um vencedor.

Sou um corredor amador,próximo dos sessenta anos, feliz por ter saúde e poder cumprir minha planilha dentro dos meus limites,agradecido aos amigos(as) que me dão força,que de alguma forma me ensinaram algo nas corridas,mas ao mesmo tempo preocupado com modismos, com os “Aparícios” e “Tássias” de plantão.